• Exames / Consultas
  • (65) 3025-1050
  • (65) 99973-1640
  • cardiologiaavancada@outlook.com

Conheça um pouco mais do Ecocardiograma


O ecocardiograma é um exame que segue o mesmo princípio do ultrassom, ou seja, ondas sonoras são emitidas sobre a região de interesse e por meio da forma como elas refletem ao bater nos órgãos e tecidos, é possível fazer uma imagem. No caso do ecocardiograma, a região de interesse é o coração e suas estruturas, como válvulas e câmaras. 

PARA QUE SERVE O ECOCARDIOGRAMA 

Com o ecocardiograma, o especialista pode observar se o coração está batendo normalmente, se o fluxo sanguíneo está adequado, além de identificar possíveis problemas anatômicos, como orifícios ou espessamento das paredes do músculo e defeitos nas válvulas cardíacas. É um exame muito útil para verificar sinais de insuficiência cardíaca, pericardite, dissecção de aorta e possíveis danos causados pela hipertensão, por exemplo.

 QUANDO E QUEM DEVE FAZER UM ECOCARDIOGRAMA

O exame só é solicitado quando o paciente apresenta suspeita de algum problema cardíaco como os mencionados acima.

 

COMO É O PREPARO PARA UM ECOCARDIOGRAMA

Um ecocardiograma convencional não exige nenhum preparo específico. Em crianças pequenas, que podem ficar agitadas e dificultar o exame, pode ser necessário sedação, o que requer jejum de 4 a 6 horas. Alguns exames são feitos com uso de contraste administrado via endovenosa para delinear e tornar mais visíveis alguns detalhes do músculo cardíaco.

Existe um tipo específico deste exame, chamado ecocardiograma transesofágico, que exige outro tipo de preparo. Ele é utilizado para analisar regiões que podem não ser bem visualizadas com o ecocardiograma tradicional, como áreas atrás do coração, quando existem condições que dificultem a realização do exame, como obesidade grave, ou quando já existe suspeita de algum problema que precisa ser investigado de forma mais precisa, como certos tipos de endocardite.

Nessa modalidade, o aparelho que emite as ondas sonoras fica na ponta de um tubo flexível que é inserido pela garganta do paciente até o esôfago, de modo que fique posicionado atrás do coração. Como ele causa desconforto, é necessário sedação e uso de anestésico, administrado na garganta em forma de spray.

 

COMO É O PROCEDIMENTO

O ecocardiograma é muito semelhante ao ultrassom obstétrico. Após deitar o paciente na maca, o médico passa um gel em seu tórax para facilitar o deslizamento do leitor e proporcionar imagens mais nítidas. As imagens aparecem em tempo real em uma tela, e o especialista pode capturar imagens que lhes interessem para que sejam impressas.

Em determinados momentos, pode ser solicitado que o paciente prenda a respiração por alguns segundos para garantir imagens melhores.

O exame é indolor e não utiliza radiação. Normalmente, dura cerca de 25 minutos e as imagens ficam prontas logo após o procedimento.

No caso do ecocardiograma transesofágico, o exame é semelhante a uma endoscopia e dura em torno de 30 minutos. Geralmente, é requisitado jejum total de 6 horas. O paciente não sente nada devido à sedação.

 

COMO É O PÓS DO ECOCARDIOGRAMA

O ecocardiograma convencional não exige nenhum cuidado posterior; o paciente é liberado e pode ir para casa imediatamente.

No caso do ecocardiograma transesofágico, porém, devido à sedação o paciente precisa levar um acompanhante que o ajude a voltar para casa. Durante todo o dia ele não deve dirigir nem realizar tarefas que exijam atenção e ofereçam algum risco, como operar máquinas ou manusear objetos cortantes e perfurantes.

 

Você pode realizar o seu ecocardiograma, com segurança, conforto e confiabilidade, em nossa unidade DelCuore em Cuiabá. Agende seu exame, ou tire suas dúvidas, clicando no ícone de WhatsApp

 

 


Data: 03/02/2020
Autor: Tiago Ferreira/Zoom Assessoria
Fonte: Portal Drauzio varella



Outras Notícias Relacionadas

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS - ÚLTIMOS POSTS